O estilo escandinavo típico do norte da Europa torna os ambientes mais acolhedores e vem ganhando admiradores em todo o mundo.

Projeto Maraú Design Studio Foto/Gustavo Xavier  

“No décor escandinavo tudo é projetado para que os moradores tenham o máximo de conforto, tanto no posicionamento de móveis, quanto na escolha dos tecidos. As cores em tons pastel devem gerar aconchego visual e transmitir tranquilidade. A funcionalidade está acima da estética”, explica a designer de interiores Cris Araújo, do escritório Maraú Design Stúdio.

Projeto assinado por Maraú Design Studio  Foto/Gustavo Xavier 

E apesar de ter uma pegada mais sóbria, esse estilo nórdico se adequa bem a quarto de bebê. “As formas geométricas, característica forte desse estilo, caem muito bem para ambientes de crianças deixando o ambiente agradável e leve”, conta Linda Martins, designer de interiores e sócia-proprietária do escritório Maraú Design Studio.

As profissionais Linda e Cris destacam recursos que quebram a frieza dos tons frios em ambientes infantis: “Em um projeto apostamos na sutileza da pintura na parede. Inserimos um balão e letras com o nome da criança iluminado em amarelo. Escolhemos um lustre Sputnik Ana Neute para dar um toque de design assinado. A peça trouxe personalidade e um toque do design brasileiro, além dele ser um lustre bem lúdico”.

Projeto assinado por Linda e Cris, Maraú Design Studio   Foto/Dhani Borges

 

 

Outros itens que caracterizam o estilo escandinavo são  citados pelas profissionais. “Os móveis precisam ter design contemporâneo, linhas mais retas e cores claras.

 

 

Móveis contemporâneos unidos aos elementos artesanais como tricô  e crochê são fortes características do estilo escandinavo  Foto/Dhani Borges

 

 

As pelúcias ocupam um lugar mais discreto, já o crochê, tricô e peças artesanais tornam-se protagonistas. A simplicidade dá o tom com sofisticação”, resumem as profissionais.