Para receber os turistas foliões, alguns hotéis de Belo Horizonte e região metropolitana investiram em reformas visando oferecer um espaço mais atrativo para os foliões cinco estrelas no período de carnaval. O Mercure, localizado no bairro Lourdes, foi um dos que investiu na reforma das suas instalações.

De acordo com o gerente geral do hotel, Rodrigo Mangerotti, as modificações modernizaram  o  empreendimento para proporcionar acolhimento e bem-estar aos usuários. “Em nosso projeto de retrofit, há uma transformação positiva em diversas áreas sociais como lobby, o restaurante Tellus, corredores e mais de 120 apartamentos. Os nossos empreendimentos possuem uma preocupação com renovação constante e todos os anos buscamos melhorias importantes no conforto e estrutura do hotel”, relata.

MERCURE LOURDES ALTA

Assinado pelo arquiteto Júnior Piacesi, um dos 120 apartamentos do hotel Mercure Lourdes que foram revitalizados. Foto/ Gustavo Xavier

O Hotel Royal Boutique Savassi também foi um dos que se prepararam para a chegada do Carnaval belorizontino, realizando um retrofit da entrada do hotel, com projeto de Piacesi. “Realizamos as manutenções prediais e, também, reparos e reformas que julgamos necessárias para garantir a segurança e aumentar a competitividade dos nossos produtos. Essas modificações foram realizadas em um mês, sendo que as instalações foram rápidas e muito eficientes”, relata a superintendente Paula Brant.

O arquiteto Junior Piacesi, responsável pelos projetos relata que os hotéis estão em busca de melhorias que valorizem a experiência de seus usuários. “A arquitetura tem que ser atemporal e precisa encantar, pois é o primeiro contato com o cliente dentro daquele negócio. Ela tem que conseguir criar uma experiência. Além da parte estética, tem também algumas coisas que envolvem a parte funcional e a parte legal. Por isso, os materiais têm que ser de uma durabilidade maior, por exemplo, por causa do grande fluxo do estabelecimento. Criamos um projeto, um layout, uma experiência e vamos adequando essa experiência dentro das necessidades funcionais e normativas que o hotel exige. A arquitetura precisa trazer para o hotel, surpresa, aconchego, design e uma sensação de estar em um lugar diferente”.

Serviço:

Hotel Mercure

Av. Contorno, 7315, Lourdes, Belo Horizonte/MG