Depois do sucesso da edição número 46 do SPFW, Sebrae e In-Mod – Instituto de Moda e Design – levam o SPFW Day para diferentes regiões do país. O evento itinerante tem o objetivo de apresentar para microempresários de moda regionais um compacto do que ocorreu de mais interessante durante a semana de moda em São Paulo.

Realizada entre os dias 21 e 26 de Outubro, a SPFWN46 ocupou dois espaços criativos em São Paulo: o Farol Santander – no centro –, e o novo Espaço Arca, localizado na região Oeste da cidade. Com o tema TRAN[SP]OSIÇÃO, o ponto alto do evento foi a revelação de novos talentos apresentados na segunda edição do Projeto Estufa, além do desfile Top 5, que trouxe grifes de diferentes estados do país para participar de um programa de aceleramento com objetivo de proporcionar o lançamento de suas coleções em uma passarela de moda de um evento de grande porte.

Entrada do SPFWN46  foto/Agência Fotosite

SPFWD tem a proposta de valorizar micro e pequenos negócios da moda em diferentes cidades.  Além de compartilhar conhecimento os jovens empresários podem ampliar networking, fazer benchmarking, estabelecer novas parcerias e participar de bate-papos com estilistas e especialistas de tendências.  Com isso ganham novas perspectivas e mais visibilidade no cenário da moda.

Paulo Borges, idealizador e diretor criativo do São Paulo Fashion Week    Foto/Agência Fotosite

Iza Dezon, que está à frente do bureau de tendências Peclers Paris, participa do SPFW Day desde o início e acredita que esta é uma importante iniciativa, que ajuda a desenvolver talentos em outros estados. Até então, os participantes não tinham a oportunidade de entrar em contato com um material de tendência e um conteúdo de moda tão atuais. “Apresentar previsões de tendências até 2020 traz inspiração e insights estratégicos para estes microempreendedores da moda. Oferece ideias para eles trabalharem suas criações de forma mais assertiva, seguindo tendências mundiais que se espalham tão rapidamente nos dias de hoje. O SPFW Day é uma ótima ferramenta para que estes pequenos designers, por meio destas iniciativas do Sebrae e do In-Mod, tenham oportunidades de ampliar e acelerar seus projetos com um cunho inovador”, comenta Iza.

O primeiro SPFW Day desta edição ocorre no dia 22 de novembro em Vitória, depois é a vez de Salvador, no dia 28, e Caxias do Sul, no dia 05 de dezembro.  Em todas as cidades, a programação segue o mesmo modelo: bate-papo com Paulo Borges, fundador e idealizador da SPFW e um estilista convidado em cada local: André Boffano em Vitoria, Patrícia Vieira em Salvador e Lilly Sarti em Caxias do Sul; todos desfilaram suas coleções nas passarelas na 46° edição e foram sucesso entre imprensa especializada e convidados.

O ponto alto destes eventos é a seleção dos produtos que terão o selo SPFW AMA, uma chancela de qualidade que premia itens selecionados de marcas locais como algo para ficar de olho por ser diferente, tendência ou ter grande diferencial no seu material de fabricação. “Ter um produto com o selo SPFW AMA é um grande reconhecimento para as marcas locais; além de ganhar maior visibilidade na imprensa e com formadores de opinião, estas grifes passam a ser reconhecidas como um nome a ser acompanhado no cenário de moda brasileiro,” comenta Graça Cabral, consultora do Instituto Nacional de Moda e Design – In-Mod,

“Os pequenos negócios, que são 98,5% das empresas do país e respondem por 54% dos empregos formais, estão conquistando espaço também na cadeia produtiva da moda de alto valor agregado.  Quanto mais competitivas as micro e pequenas empresas forem, mais empregos serão gerados para o setor”, analisa o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.

Os eventos são destinados a microempresários associados ao Sebrae e os ingressos podem ser adquiridos através do site: www.sympla.com.br.