Nelson Freire, consagrado pianista mineiro, eleito, um dos melhores do século XX, fará recital em benefício da Associação Mineira de Reabilitação (AMR), na próxima quinta-feira, dia 17 de outubro, no Teatro do Centro Cultural Minas Tênis Clube (CCMTC). Obras de Mozart, Beethoven, Schumann, Chopin, Heitor Villa-Lobos e Franz Liszt compõem o programa.

Nelson Freire tem mais de 50 anos de carreira e iniciou seus estudos de piano bem pequeno com a professora Nise Obino (1918 -1995), em sua cidade natal, Boa Esperança/MG. Aos cinco anos, mudou-se com a família para a cidade do Rio de Janeiro e começou a estudar sob a orientação da pianista Lúcia Branco (1903-1973). Na adolescência, seguiu para Europa e estudou em Viena, com o pianista austríaco Bruno Seidlhoferem (1905-1982).

Nelso Freire     Foto: Benjamin Ealovega

Mundialmente consagrado, o mineiro Nelson Freire acumula prêmios e honrarias recebidos em vários países e, ao longo de sua trajetória profissional, tem se apresentado nas melhores salas de concerto do mundo. Segundo especialistas, “a arte de Nelson Freire atingiu um raro consenso entre os ouvintes de música clássica: é transcendental”.
Serviço
Nelson Freire faz recital em prol da AMR
Data: 17 de outubro de 2019, quinta-feira, às 20h30
Local: Teatro do Centro Cultural Minas Tênis Clube. Rua da Bahia, 2244, Lourdes, Belo Horizonte/MG
Classificação: 10 anos.
Ingressos: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia). Sócios do Minas Tênis Clube têm 15% de desconto. Site: www.eventim.com.br
Bilheteria: segunda a sábado, 12h às 20h e domingo, das 12h às 19h, até 30 minutos depois do início do espetáculo. Formas de pagamento: dinheiro e todos os cartões de débito e crédito. Horário de abertura da plateia para entrada do público: 30 minutos antes do início da apresentação.
Estacionamento com acesso interno: entrada pela rua da Bahia, ao lado do Teatro, aberto até meia hora após o fim do espetáculo. R$ 12, para sócios, e R$ 24, para não sócios.
Mais informações: 31 3516-1360.
Redes sociais:  Facebook: /mtccultura Instagram: @mtccultura