Na próxima terça-feira, 4 de dezembro, o artista visual Ildeu Lazarinni apresenta na Piccola Galleria, Casa Fiat Cultura, a exposição Ellora – uma instalação de 50kg e 8m de comprimento feita com poliuretano, tinta acrílica e alfinetes.

O artista Ildeu Lazarinni          Foto/Divulgação

A técnica utilizada está presente em toda a trajetória artística de Lazarinni, que descobriu em uma experiência de laboratório durante o doutorado em Engenharia de Biomateriais, o que desejava criar em grande escala para ocupar as galerias de arte: a matriz extracelular presente no corpo humano. A mostra tem curadoria de Élcio Miazaki e fica aberta à visitação até 27 de janeiro de 2019.

Exposição Ellora, na Casa Fiat de Cultura     Foto/Divulgação

Ildeu Lazarinni define suas criações como “núcleos flutuantes”. Estes são inspirados no que a ciência chama de matriz extracelular, um conjunto de moléculas que se organizam para, dentre outras funções, acolher as células dos corpos; uma espécie de “casa das células”. Ao visualizar essa matriz extracelular artificial em um microscópio do laboratório da Universidade de Strasbourg (França), o cientista se descobriu artista: “Naquele momento percebi que o doutorado não era mais meu foco. Achei aquela imagem incrível e só pensava na plasticidade e nas potencialidades dela”, relembra.

Ellora, na Piccola Galeria da Casa Fiat de Cultura        Foto/Divulgação

A exposição é uma realização do Ministério da Cultura, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura e da Casa Fiat de Cultura, com o patrocínio da Fiat Chrysler Automóveis (FCA), Banco Fidis, A Fiat Chrysler Finanças, Fiat Chrysler Participações e Banco Safra. Apoio institucional do Circuito Liberdade, Instituto Estadual do Patrimônio Histórico (Iepha), Governo de Minas e Governo Federal.

Ildeu Lazarinni

Nascido em Belo Horizonte (MG) em 1977, Lazarinni é graduado em Odontologia pela Universidade de Itaúna, mestre em Engenharia de Biomateriais pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e doutor na mesma área pela UFMG/ Universidade de Strasbourg (França).

De volta ao Brasil, após o doutorado, passou a morar em São Paulo (SP), onde fez um curso de Arte Contemporânea no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM). O artista já realizou mostras individuais e coletivas na França, na Alemanha e em São Paulo e expôs obras em espaços da Casa Cor de São Paulo e Rio de Janeiro. A Piccola Galleria é o primeiro espaço mineiro a receber uma exposição do artista.

Élcio Miazaki

Nasceu em São Paulo (SP) em 1974, onde reside. Artista visual com formação em Arquitetura pela Universidade de São Paulo (USP), tendo realizado exposições em Portugal, Itália e Brasil, incluindo o Museu de Arte de São Paulo (MASP), o Memorial da Améria Latina, o Museu de Arte de Ribeirão, o Museu Casa das Onze Janelas (Belém/PA), o Museu da Casa Brasileira, o Instituto Cervantes, o Museu de Arte de Blumenau (SC) e galerias como Vermelho, Zipper, Sancovsky e Orlando Lemos. Recebeu vários prêmios, entre eles Rumos Artes Visuais, do Itaú Cultural, e Brasil faz Design, dos Museus da Universidade de São Paulo (USP). O artista também foi co-curador da 2ª Mostra de Arte Contemporânea na Casa da Memória Italiana, em Ribeirão Preto (SP), onde coordena um programa de residência artística desde 2017.

Serviço:

Exposição Ellora – Ildeu Lazarinni

Local:  Piccola Galleria da Casa Fiat de Cultura  Praça da Liberdade, 10, Funcionários, Belo Horizonte/MG

Data: 4 de dezembro de 2018 a 27 de janeiro de 2019.

Horário: terça a sexta, 10h às 21h. Sábados, domingos e feriados:  10h às 18h. Entrada gratuita

Informações:  31 3289-8900         www.casafiatdecultura.com.br     casafiat@fcagroup.com      facebook.com.br/casafiatdecultura     Instagram: @casafiatdecultura    Twitter: @casafiat

www.circuitoculturalliberdade.com.br