Azúcar, espetáculo do grupo de dança contemporânea Sala B, é a atração do próximo sábado,  dia 25 de maio,  no Teatro do Centro Cultural Minas Tênis Clube (CCMTC).

Com a concepção e direção de Fernando de Castro, o espetáculo transita entre o balé e a dança de salão, apresentando em 15 cenas, de maneira poética, aspectos sociais e políticos da América Latina. Ritmos caribenhos como salsa, tangos, mambos e chá-chá-chá compõem a trilha sonora

Azúcar é uma gíria dos países caribenhos que sugere mais energia nas performances artísticas. A ideia para o espetáculo surgiu do desejo de apresentar a América Latina em sua riqueza e sofrimento.

Foto/Mariana Rettore

“O azúcar influenciou a história de vários países latino-americanos, inclusive do Brasil. No espetáculo temos a cena em que denominamos ambientes repressivos,  para falar sobre o autoritarismo. Essa é uma característica latino-americana”, diz Fernando Castro.

A coreografia também aborda a crise dos imigrantes e explora o potencial criativo dos países latinos por meio de sua movimentação, propostas cênicas e variações rítmicas da música latina. Azúcar é ambientado em um salão de danças sociais onde se desenvolvem todas as ações da cena.

Serviço:

Grupo Sala B apresenta Azúcar – Dança Contemporânea

Data: 25 de maio de 2019, sábado, às 20 h. Classificação: livre.
Ingressos: R$ 30 [inteira] e R$ 15 [meia]
Horário de funcionamento da bilheteria:
segunda a sábado, das 12h às 20h. Domingo, 12h às 19h. A bilheteria funciona até 30 minutos depois do início do espetáculo. Formas de pagamento: dinheiro e todos os cartões de débito e crédito. Horário de abertura da plateia para entrada do público: 30 minutos antes do horário da apresentação. Estacionamento com acesso interno: entrada pela rua da Bahia, ao lado do Teatro, aberto até meia hora após o fim do espetáculo. Valores: R$ 12, para sócios, e R$ 24, para não sócios.

Mais informações: 31 3516-1360. Redes sociais Minas: Facebook: /mtccultura  Instagram: @mtccultura