Durante o inverno, o tempo mais frio e o ar seco influenciam na saúde e qualidade da pele. Além disso, a poluição e a radiação solar, que também estão presentes, atingem o corpo, deixando-o mais sensível, ressecado e acelerando o envelhecimento. Para evitar tais sintomas é importante fazer hidratações corporais mais profundas e, investir em uma alimentação saudável, rica em vitaminas e antioxidantes, o que pode trazer benefícios em longo prazo.

A dermatologista Caroline Antunes explica as principais causas da desidratação e como cuidar da pele nessa estação. Como especialista em Dermatologia e Estética Avançada, ela sugere dicas importantes para manter a pele hidratada.

Água: Beber no mínimo dois litros por dia.

Banhos quentes: A água quente remove parte da barreira de proteção da pele. “Sabe aquele aspecto craquelado, corpo ressecado, coceira e placas vermelhas? Pra que isso não aconteça, dê preferência a banhos mornos ou frios e não permaneça muito tempo em contato com a água.

Dermatologista Caroline Antunes   Foto/Divulgação

Uso de hidratante: Logo após sair do box – ainda no banheiro – com aquele vaporzinho pós- banho, que ajuda na penetração do creme. Exceto, para peles oleosas, e acneicas! Evitar hidratante comum no rosto. Os lábios também costumam ressecar muito no inverno. É importante usar hidratantes específicos para essa região e, assim, evitar rachaduras.

Filtro solar: Usar diariamente. Segundo a médica Caroline Antunes, a proteção solar é indispensável em qualquer época do ano. “O Filtro solar deve ser usado até para ficar em casa, não apenas na exposição ao sol. As pessoas esquecem que, mesmo em dias chuvosos ou nublados, o sol está presente e, consequentemente, a radiação também, e é ela quem mais afeta a saúde”, esclareceu. Com o passar dos anos, a pele afetada pelos raios solares fica envelhecida, manchada e está mais vulnerável a desenvolver câncer de pele.

Maquiagens cremosas ou líquidas: Devido ao tempo seco e à necessidade maior de hidratação, o ideal é evitar os produtos em pó, já que eles podem deixar o rosto com aspecto ressecado. Lembre-se que, antes de qualquer coisa, é importante consultar um médico da Sociedade Brasileira de Dermatologia para descobrir quais cosméticos e texturas são ideais para você.

Procedimentos Dermatológicos

O inverno é uma boa época para realizar alguns tratamentos dermatológicos que requerem que o paciente evite a exposição ao sol, como peelings, tratamentos a laser etc.  Procedimentos de depilação a laser também são indicados nesta estação.

Serviço:

Dermatologista

Dra. Caroline Antunes, especialista em Dermatologia e Estética Avançada

CRM: 52.100989-3     Instagram: @dracarolineantunes