malevola maleficent 6aA estreia de Malévola (Maleficent, Disney) nesta quinta-feira (30) fecha o mês de lançamentos no escurinho do cinema com a aguardada atuação de Angelina Jolie como uma das mais marcantes vilãs dos desenhos animados – no caso, um clássico de 1959, que ainda hoje faz parte do repertório de animações de crianças no mundo inteiro. Mas a nova malvada da telona, além da beleza da atriz, ganhou uma vibe psicanalítica. O diretor Robert Stromberg criou um passado para a personagem que, se fosse parar no divã de Carlo Antonini (o psicanalista vivido por Emilio de Melo na ótima série PS, do HBO) possivelmente seria estimulada a uma imersão em suas questões existenciais e morais, sem culpa, resgatando um pouco de sua persona lírica da infância.

A grande atração do longa, além da atuação impecável – e às vezes assustadora de Angelina Jolie – também produtora de Malévola – é justamente o resgate de um passado não contado no clássico dos Estúdios Disney. O diretor usou de “licença poética” para recriar a personagem que passa de jovem linda, ingênua e com asas negras para a vilã que amaldiçoa a princesa Aurora ainda no berço.

Mas o filme tem o selo Disney e, mesmo com o novo enredo, a principal cena da história – Malévola invadindo o castelo real e lançando sua maldição do sono eterno sobre a princesinha – foi toda filmada exatamente como no desenho. As falas e o gestual foram  fielmente reproduzidos para manter a estética e a referência de uma das mais famosas animações da história do cinema.

“Acredito que queríamos transformar esta personagem mais humana em certos aspectos”. Para mim, as questões interessantes eram por que é tão má? e de onde vem Malévola?”, explicou o diretor  Robert Stromberg em matéria da agência internacional AFP.

Malevola Disney ImageNet 3

Malévola foi escrito por Linda Woolverton e traz a versão não oficial da história de A Bela Adormecida, criando um passado para Malévola, uma jovem ingênua, meiga, linda, adornada por asas negras. Ela vivia em um reino pacífico e escondido da floresta, longe da ganância dos homens e dos reis. Um dia, um exército humano invade o local encantado e ameaça o paraíso em que ela vivia. Ela se fortalece e começa a defender a região com coragem, desafiando seus opressores – só que é traída e seu coração doce se transforma em pedra, assim como se deixa contaminar pela maldade e faz um juramento de vingança.

Com o nascimento da princesa Aurora, Malévola percebe que o bebê é a chave para levar de volta a paz ao seu próprio reino e usa de seus poderes para lançar a maldição sobre a garotinha. A história segue a sequência original, com algumas mudanças, as três intrépidas, amorosas e divertidas fadinhas que vão cuidar da princesa até seu aniversário de 16 anos agora se chamam Knotgrass,  Flittle e Thistlewi – mas assim como  Flora, Fauna e a Primavera do desenho original vão viver como humanas na floresta.

Angelin Jolie é a grande estrela de Maleficent – sua atuação soberba deixa em segundo plano partners de cena como os atores Brenton Thwaites (príncipe Philip) e Sharlto Coplay, o sul-africano de Elysium (que tem Wagner Moura e Alice Braga no elenco), encarnando Stefan, o rei cruel. A atriz, além de brilhar em cena com suas roupas dark, aproveitou toda a tecnologia disponível para remeter à vilã do desenho, criada há 55 anos pelo artista Marc Davis. As maças do rosto foram destacadas, assim como os olhos. Para se tornar mais assustadora (e poderosa) ela usa chifres ameaçadores. Claro que destacando a beleza incomum de Angelina, seu porte altivo, o corpo esguio, o pescoço delicado e as longas pernas – cobertas por capas e vestidos.

O elenco inclui a inglesa Miranda Richardson (protagonista do inesquecícel Dançando com um Estranho, Dance with a Stranger, 1985), como a tia de Malévola,  e Ellen Fanning, 16 anos, que vive a Aurora adolescente. Com o novo papel, a jovem atriz reforça a crença de se tornar uma das novas promessas do cinema, especialmente após sua performance em Um Lugar Qualquer, de 2010. A irmã de Dakota Fanning, parentesco que quase emperrou sua carreira, conseguiu o papel tão sonhado por outras adolescentes de sua geração e a oportunidade de contracenar com a diva Angelina Jolie. Por Beth Barrabethbarrapress@gmail.com

Malévola (Maleficent, Estúdios Disney) – Direção de  Robert Stromberg. Com Angelina Jolie, Elle Fanning, Vivienne Jolie Bradd, Sharlto Copley, Miranda Richardson, Imelda Staunton, Lesley Manville, Sam Riley, Kenneth Cranham. Estreia em 30 de maio, com versão em 3D

Maleficente Malevola site 2

Angelina Jolie em cena com a filha Vivienne, 5 anos, e a atriz Ellen Fanning, que vive Aurora aos 16 anos (Imagens/Disney/Divulgação)

CURIOSIDADE

Vivienne,  filha de cinco anos de idade de Angelina Jolie (38 anos) e Brad Pitt (50 anos) interpreta Aurora quando criança. A escolha da menina, que pela primeira vez trabalha em um filme, e contracenando com a mãe como vilã,  foi uma decisão do casal, após testes com outras atrizes-mirins que não conseguiam fazer as cenas com Jolie, por medo da vilã.  “Não havia crianças pequenas que me vissem vestida como uma bruxa que conseguissem contracenar bem”, revelou a bela em uma entrevista.

 Maleficent Malevola 42111111

QUE MALVADA SEXY

Além da promessa de ser uma sensação no cinema em todo o mundo e bater recordes de bilheteria, Malévola vai estar na necessaire e nos closets das modernas e antenadas. A Disney fechou várias parcerias e licenças para Maleficent.

#♥Espelho meu – A linha de make da MAC é a queridinha – no Brasil, devem estar disponíveis 14 produtos – incluindo lábios (Pro Longwear Lipglass Anthurim, Batom True Love Kiss e Pro Longwear Lip Pencil Me Quick); olhos (quarteto com as sombras Ground Brown, Concrete, carbon e Goldmine, lápis sobrancelha Fling, delienador caneta Penultimate Rapidblack e mais cílios postiços);  pele (Prep + Prime Highlighter Bright Forescat, Sculpting Powder Sculpt e Beauty Powder Natural). Preços: a partir de R$ 69,00.

 Maleficent Malevola MAC SITE

#♥Aposte – No batom vermelho da coleção, o efeito provocante é incontestável desde Marilyn Monroe e outras divas do cinemão. Mas usar um red exige perícia, é como uma obra de arte nos lábios. Use pincel para delimitar e preencher, garantindo que não escorra, evite excessos e a pele deve estar luminosa.

Maleficent-Malevola Ellus linha

#♥Estampe – Nas lojas da Ellus já estão disponíveis as camisetas da coleção Maleficent (feminina e masculina). São oito modelos de t-shirts e camisetas cavadas, com destaque para os tons de cinza e azul lavado – as peças são lindas, com a excelência do trabalho de malharia da marca, que consegue um efeito destonado ultrahype. Nó s#♥ adoramos as t-shirts que levam delicadíssimas aplicações de cristais negros sobre a estampa. Preço médio: R$ 169,00.