Nascido em Belo Horizonte, Fernando Lucchesi é um artista autodidata e um dos representantes do movimento “Como vai você, geração 80?”. Seu trabalho evidencia características da arquitetura colonial e barroca, influência dos anos vividos na cidade de Ouro Preto. Sua pintura é considerada uma das mais vigorosas da arte brasileira. Para esta nova exposição Lucchesi preparou pinturas inéditas, uma série especial de gravuras e objetos. A linguagem diversificada sempre foi uma característica do artista, que desliza tranquilamente entre as pinturas, objetos e desenhos, utilizando-se de materiais diversos, como a madeira e o cobre. Na abertura da exposição, que aconteceu em 29 de maio, quinta-feira, na Galeria Dotart, o artista  lançou o seu livro Fernado Lucchesi – o finito e o infinito, produzido pela Editora C/ Arte e textos do jornalista e crítico de arte, Walter Sebastião. O livro apresenta a trajetória do artista, registra inúmeras obras, entre elas pinturas das séries Africanas e Árvore da vida, gravuras, desenhos e objetos, registro fundamental para o aprofundamento do conhecimento de seu percurso e da história da arte no Brasil.

CADERNO INSTALAÇÃO.indd

A exposição ficará aberta para visitação até 28 de junho. Foto: Daniel Mansur

O livro, composto por 204 páginas, no  formato 27 x 29 cm, totalmente ilustrado, acabamento encadernado pode ser adquirido no site da Editora C/Arte: www.comarte.com e nas principais livrarias do Brasil,  ao preço promocional de R$ 80,00, por se tratar de uma obra incentivada pelo Ministério da Cultura com patrocínio da Cemig.

Serviço:

Exposição Fernando Lucchesi

Local: Galeria de Arte Dotart

Endereço: rua Bernardo Guimarães, 911, Conj. 20 – Funcionários

Período da exposição: 30 de maio a 28 de junho de 2014

Visitação: de segunda a sexta, de 9 às 19h; sábado, de 9 às 13h