Nos dias 24 e 25 de novembro, sábado e domingo, no palco do Teatro do Centro Cultural Minas Tênis Clube (CCMTC) estreia a peça Fulaninha e Dona Coisa, dirigida por Daniel Herz, produzida por Eduardo Barata, estrelada por Nathalia Dill, como Fulaninha, Vilma Mello, como Dona Coisa, e participação de Leandro Castilho.

A peça conta a história de Fulaninha, uma jovem com a cabeça cheia de sonhos que chega do interior para trabalhar como empregada doméstica. Dona Coisa é uma mulher moderna, independente, que prefere manter certa distância em suas relações. O encontro entre as duas mostra as dificuldades da convivência diária entre patroa e empregada

Fulaninha e Dona Coisa     Foto/Gui Maia

Escrita por Noemi Marinho há 30 anos, a primeira montagem da peça foi dirigida por Marco Nanini e estrelada pelas atrizes Aracy Balabanian e Louise Cardoso. O espetáculo é uma oportunidade para discutir de forma bem-humorada os conflitos do relacionamento entre pessoas de diferentes origens e a transformação nos direitos trabalhistas dos empregados domésticos. “É um espetáculo que fala das muitas possibilidades e ambiguidades que existem numa relação entre o personagem que oprime e o que é oprimido”, afirma o produtor Eduardo Barata.

Serviço:

Espetáculo “Fulaninha e  Dona Coisa”

Data: 24 e 25 de novembro de 2018, sábado e domingo, às 20 h
Local: Teatro do Centro Cultural Minas Tênis Clube. Rua da Bahia 2.244, Lourdes, Belo Horizonte/MG
Classificação: 12 anos.
Ingressos: R$ 25 [inteira] e R$ 12,50 [meia].
Horário de funcionamento da bilheteria: segunda a sábado, das 12h às 20h. Domingo, das 12h às 19h. Aquisição de ingressos online: www.eventim.com.br.
Mais informações: 31 3516-1360.
Estacionamento com acesso interno: entrada pela rua da Bahia, ao lado do Teatro. Valores: R$ 12, para sócios, e R$ 24, para não sócios.

Redes sociais oficiais da Cultura do Minas: Facebook: /mtccultura    Instagram: @mtccultura