A Casa Fiat de Cultura, em parceria com o SESI MG, traz à Capela de Santana concerto do Coral Sesiminas, no dia 21 de agosto.

Integrando o programa “Música na Capela”, a apresentação conta com regência do maestro Marco Antonio Maia Drumond.

Serão apresentados clássicos como Ave Maria, de T. L. da Victoria, Pater Noster, de Villa-Lobos e Alleluia, de Randall Thompson.  Além de canções populares como Minha Canção, de Chico Buarque, e Apanhei um resfriado, de Cascata.

Coral Sesiminas_Música na Capela_Casa Fiat_ foto Ignácio Costa (3)

Canções como S’ya hamba, da tradição africana, Lied, da tradição judaica, Rosa Amarela, em arranjo de Heitor Villa-Lobos, e Opa-opa, do folclore da Ilha de Páscoa, com arranjo de Marcos Dusi compõem o repertório.

O público poderá apreciar um repertório selecionado para curtir a perfeita acústica da Capela de Santana, nos jardins da Casa Fiat de Cultura.

Há um ano, a Casa Fiat de Cultura, em parceria com o SESI MG, realiza o programa Música na Capela, com apresentações de música clássica e popular.

A proposta é ampliar o conhecimento e a formação musical do público, oferecendo programação de alta qualidade.

Desde setembro de 2015, foram realizadas oito concertos atraindo para a Capela de Santana cerca de mil pessoas.

No dia 25 de setembro, será a vez do Grupo de Cordas da Orquestra Sesiminas apresentar seu repertório.

Coral Sesiminas_Música na Capela_Casa Fiat_ foto Ignácio Costa (2)

Maestro Marco Antonio Maia Drumond

Nascido em Belo Horizonte, Marco Antonio começou a estudar música, aos cinco anos de idade, com a educadora Célia Flores Nava.

Em 1960, ingressou no curso fundamental de violino da Universidade Mineira de Arte – hoje, Escola de Música da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG). Frequentou a classe do professor Gabor Buza.

Em 1974, foi admitido na graduação em Regência da Escola de Música da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), sob a orientação do maestro Arthur Bosmans. Paralelamente, continuou o curso de violino com seu antigo professor.

Em 1981, obteve bolsa do governo polonês e seguiu para Varsóvia. Realizou curso de pós-graduação em regência operística na Academia de Música Frederyk Chopin. Estudou sob a orientação do maestro Henryk Czyz.

Em 1983, em Weimar, Alemanha, frequentou curso de regência sinfônica com o maestro Kurt Mazur.

De volta ao Brasil, assumiu, em 1986, a direção artística do Madrigal Renascentista e organizou a Orquestra de Câmara Sesiminas, regente até os dias de hoje.

Retornou à Polônia em duas oportunidades para dirigir orquestras como as Filarmônicas de Walbrzych (1986) e de Szczeczyn (1992). Fotos/Ignácio Costa

Serviço

Música na Capela de Santana

21 de agosto de 2016, domingo, às 11h – Coral Sesiminas – Entrada Gratuita – Informações: 31 3289-8900

www.casafiatdecultura.com.br         casafiat@casafiat.com.br           facebook.com.br/casafiatdecultura         Instagram:@casafiatdecultura