Danilo Caymmi  faz única apresentação do show “Viva Caymmi”, no Teatro do Centro Cultural Minas Tênis Clube, neste sábado, 6 de outubro. Idealizado pelo cantor e compositor, o show é uma homenagem a Dorival Caymmi (1914 – 2008).

No repertório, alguns clássicos  como “A Lenda do Abaeté”, “Saudade de Itapoã”, “O que é que a baiana tem” e muitas outras canções.

“Viva Caymmi” tem sua base estruturada em storytelling, especialidade do ator Nilson Raman, que, nos últimos 20 anos, foi idealizador e mestre de cerimônias dos espetáculos da atriz Bibi Ferreira e já contou histórias de Édith Piaf, Amália Rodrigues, Carlos Gardel e Frank Sinatra. A pesquisa de texto e a direção musical são do músico Flávio Mendes, parceiro de muitos anos de Danilo.

O cantor e compositor  Danilo Caymmi   Foto/Armando Paiva

Dorival Caymmi (Salvador, 30 de abril de 1914 – Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2008) foi um cantor, compositor, violonista e pintor. Em 60 anos de carreira, fez suas composições inspirado nos hábitos, costumes e tradições do povo baiano. Foram mais de 20 discos gravados. Reza a lenda que Dorival Caymmi levava mais de dez anos compondo cada canção. Em 2005, Chico Buarque declarou que “todo mundo consegue fazer uma música à moda de Tom, Vinícius, mas ‘à lá Caymmi’ é impossível”.

Danilo é o caçula da família, que inclui Nana, a primeira filha, e Dory, o segundo. Danilo é pai da cantora e flautista Alice Caymmi. Integrou a banda de Tom Jobim e ficou conhecido quando conquistou o terceiro lugar no Festival Internacional da Canção em 1968, com a composição “Andança”, parceria com Paulinho Tapajós e Edmundo Souto.

Serviço:

Viva Caymmi – Homenagem a Dorival Caymmi

Data: 6 de outubro de 2018, sábado, às 20 h
Local: Teatro do Centro Cultural Minas Tênis Clube. Rua da Bahia, 2244, Lourdes, Belo Horizonte/MG Classificação: 12 anos.
Ingressos: R$ 50 [inteira] e R$ 25 [meia].  Horário de funcionamento da bilheteria: segunda a sábado: 12h às 20h. Domingo: 12h às 19h.

Mais informações: 31 3516-1360.  Estacionamento com acesso interno: entrada pela rua da Bahia, ao lado do Teatro. Valores: R$ 12, para sócios, e R$ 24, para não sócios. Redes sociais oficiais da Cultura do Minas: Facebook: /mtccultura  Instagram: @mtccultura